A importância das brincadeiras antigas para as crianças

     

Com a falta de espaços seguros para que as crianças possam brincar, o excesso deexposição à tecnologia juntamente com a falta de tempo dos familiares, devido a questões de trabalho têm afetado cada vez mais o desenvolvimento infantil.

 

A falta de brincadeiras e brinquedos que estimulem a criativa, a concentração, a
afetividade, a colaboração e a autonomia das crianças também geram impactos no processo de desenvolvimento das crianças.

 

Com isso, pensar em novas alternativas lúdicas para as crianças é fundamental. Substituir (ou restringir) os ‘brinquedos’ tecnológicos por brinquedos que tenham uma proposta voltada para estimular a criatividade e a concentração das crianças se torna fundamental para o pleno desenvolvimento infantil.

 

Ao contrário do que se pensa, não é necessário se criar novos brinquedos inovadores, mas sim iniciar um resgate daqueles da época dos nossos avós e pais.

 

O pé de lata da Hocus Pocus é uma ótima opção de brinquedo antigo que pode contribuir com o desenvolvimento da criança. Esse brinquedo tem como principal objetivo desenvolver a coordenação motora e o equilíbrio da criança. Crianças a partir dos 5 anos podem brincar tranquilamente com o pé de lata. A brincadeira funciona da seguinte forma: a criança sobe no pé de lata e tenta se equilibrar segurando as cordas. Uma variação da brincadeira pode ser uma corrida ou percorrer um caminho cheio de obstáculos.

 


Pé de lata

 

O Kit bola de gude, peteca e pião da Hocus Pocus é uma outra opção de brinquedo antigo para estimular a concentração e a criatividade das crianças. Além disso, esses três brinquedos são clássicos brasileiros que podem ser jogados com toda a família (a partir de 6 anos).

 


Kit bola de gude, peteca e pião

 

Enquanto o kit Jogo da Velha e Três Marias da Hocu Pocus é uma ótima opção para brincadeiras num dia chuvoso ou frio.

 


Kit Jogo da Velha e Três Marias

Deixe um comentário